SUDESTE

São Paulo - SP

 Associação Beneficente Filadélfia (ABENFI)

A trajetória da Associação Beneficente Filadélfia (ABENFI) iniciou em 1991, atendendo as demandas sociais que surgiam entre os próprios membros da igreja. No ano de 1995 numa parceria entre a FEPAS e INTERACT, o projeto passou a atender meninos em situação de rua que se encontravam na região central da capital de São Paulo. Dois anos antes, em 1993, sete crianças que dormiam nos arredores da igreja da Candelária foram assassinadas por policiais militares. O crime que chocou o país repercutiu no mundo levando a missão sueca a olhar para o Brasil e suas demandas sociais. Através de um diagnóstico social foram identificados os territórios vulneráveis e que necessitavam de organizações da sociedade civil para atender crianças e adolescentes que se encontravam em situação de rua, sendo a cidade de São Paulo considerada um desses territórios.